quinta-feira, 21 de agosto de 2014

SBTRKT: LIVE FOR ZANE LOWE BBC RADIO 1


O SBTRKT, projeto eletrônico de Aaron Jerome, prepara o lançamento do álbum ‘Wonder Where We Land’, que já conta com as faixas “Temporary View” e “New Dorp, New York” em parceria com Sampha e Ezra Koenig respectivamente. Faltando poucas semanas até a data final, o britânico visitou o programa de Zane Lowe na BBC Radio 1 para mostrar uma prévia da sonoridade que permeará o novo registro. Além das faixas já conhecidas, ele revela duas novidades com exclusividade.

A primeira delas é “Highs & Lows”, produção instrumental cortejada pelas batidas despojadas do produtor. Em uma espécie de introdução à fase, ele revela o clima atmosférico dos sintetizadores eletrônicos com as inspirações R&B e funk que tanto rendeu em sua estreia. A faixa é parte do EP ‘Transitions’.

Enquanto isso, a canção “War Drums” traz a parceria de Emily Kokal, do Warpaint, em uma composição delicada, envolvente e atmosférica. A faixa é uma produção crescente que toma proporções grandiosas até o seu desfecho. Segundo o próprio artista, a faixa é parte da versão final do novo álbum.



O SBTRKT marca o lançamento do novo álbum para o dia 23 de setembro através da Young Turks.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

RAE MORRIS: CLOSER


A britânica Rae Morris entrou para a nossa lista de apostas do ano sem precisar de muito. Depois de uma parceria certeira com o Fryars na canção “Cold”, a artista segue a divulgação do seu trabalho que surge cada vez mais consolidado na música pop alternativa. Para quem não sabe, ela soma no currículo os EPs ‘Do You Even Know’ e ‘Cold’, que apresentou a faixa-título e arrancou suspiros de muita gente.

Dessa vez ela retorna para algo maior em “Closer”, o primeiro single do EP de mesmo nome. Com uma introdução que beira o melancólico e o preciso, Rae destaca os versos surpreendentes da canção em batidas R&B e clima dançante. Difícil mesmo é não se pegar cantarolando esse refrão fácil e viciante – técnica que sabe muito bem usufruir.



O EP ‘Closer’ será lançado no dia 22 de outubro e conta com um remix da faixa-título e mais duas inéditas: “My God” e “Up Again”.

BROODS: EVERYTIME


Faltando poucos dias para o lançamento de ‘Evergreen’ em solo neozelandês, o duo BROODS continua a todo vapor na divulgação do trabalho. Depois de apresentar o single “Mother & Father” e as faixas “L.A.F.” e “Four Walls”, eles apresentam a próxima música de trabalho, intitulada “Everytime” e escrita pelos irmãos em parceria com o produtor Joel Little – que trabalhou no disco da Lorde.

A produção da faixa revela um pop de batidas despojadas, clima atmosférico e refrão crescente que, certamente, vai grudar na sua cabeça. As inspirações do produtor se mostram evidentes no resultado final da canção, revelando uma das melhores composições da dupla até o momento.

O single “Everytime” será lançado amanhã (21), enquanto o álbum ‘Evergreen’ tem data certa para lançar no dia 22 de agosto na Nova Zelândia e 07 de outubro para outros países. Quer ficar por dentro das novidades do Broods? Curta o Broods Brasil e não perca nenhuma atualização.

JOSEF SALVAT: SHOOT AND RUN


A espera por novidades de Josef Salvat é sempre longa, mas quando surge proporciona uma experiência deliciosa do início ao fim. O australiano ficou conhecido após lançar os singles “This Life” e “Hustler” em sua página e continua surpreendendo mesmo sem lançar um trabalho sólido – não por muito tempo!

Salvat prepara o lançamento do EP ‘In Your Prime’ e acaba de revelar a primeira amostra do que vamos conferir através da faixa “Shoot and Run”. Com uma introdução à lá Lana Del Rey (o artista já foi comparado como uma versão masculina da cantora), a canção evidencia uma sonoridade obscura, melancólica, porém enraizada nas batidas eletrônicas que tanto renderam em sua estreia.

“Shoot and Run” é sobre tomar decisões e esquecer as coisas ruins do passado – “a vida é muito curta para não correr riscos”, canta o artista no refrão grandioso. O novo EP ainda não tem data de lançamento, mas acredita-se que deve sair até o final do ano.

SAINT PEPSI: FALL HARDER


Ryan DeRobertis atende pelo pseudônimo Saint Pepsi, um novo projeto eletrônico da Carpark Records que tem despertado a blogosfera pelos quatro cantos. Engana-se quem pensa que o rapaz é um novato na música – DeRobertis vem trabalhando em faixas aleatórias há algum tempo, mas somente agora entrou para o time de uma gravadora. Para completar o single “Fiona Coyne”, ele revela a inédita “Fall Harder”.

A produção soa veranesca, assim como a canção principal, e resgata as batidas e inspirações da década de 80 em grande estilo. Através de uma introdução regada a riffs de guitarras, linha de baixo crescente e sintetizadores eletrônicos, o artista canta os versos nostálgicos da música. Para quem espera ansiosamente pelo verão, “Fall Harder” é a trilha certa.

O single ‘Fiona Coyne / Fall Harder’ é a estreia oficial do Saint Pepsi com uma gravadora e, consequentemente, muitas outras faixas ainda estão por vir.

VIDEO | THE ASTEROIDS GALAXY TOUR: MY CLUB


O The Asteroids Galaxy Tour prepara o álbum ‘Bring Us Together’, terceiro registro de inéditas, para o próximo mês. Depois de apresentar a faixa-título do álbum e a deliciosa “My Club”, eles se unem ao diretor Ryan Staake (que já trabalhou ao lado de alt-J e Major Lazer) para apresentar a produção audiovisual da última canção.

Assim como seu nome, a sonoridade da canção não poderia ser outra: frenética e dançante como deveria ser. Saxofones estridentes, sintetizadores eletrônicos e linha de baixo intensa, a canção inspira certa nostalgia de uma época que, possivelmente, você não viveu – mas sente apreço pelo brilhantismo que se era.

No vídeo, Mette Lindberg e sua banda brincam em um cenário de cores vibrantes. A produção parece ser simples, mas dá peso à temática da canção.

INTERPOL: ANCIENT WAYS


Os norte-americanos da banda Interpol voltam à velha forma com o álbum ‘El Pintor’, quinto registro de canções inéditas previsto para setembro e que já conta com as faixas “Anywhere” e “All The Rage Back Home”. Com uma divulgação minuciosa e sem muitos detalhes, a banda consolida a sonoridade que estará presente na nova fase e evidenciam a boa forma mesmo depois de muitas mudanças.

Prova disso é a recente “Ancient Ways”, faixa post rock marcada por batidas grandiosas, riffs de guitarras pesadas e aquele clima exuberante cortejado pela voz de Paul Banks. A canção soa frenética, assim como ouvimos em ‘Antics’ (2004) e ‘Our Love to Admire’ (2007).



O quinto disco do Interpol está marcado para sair em 08 de setembro através da Matador Records.