segunda-feira, 21 de julho de 2014

KIMBRA: MIRACLE


A neozelandesa Kimbra prepara o lançamento do segundo álbum de inéditas para o mês de agosto, intitulado The Golden Echo. Desde a divulgação da faixa “90s Music”, a curiosidade sobre a sonoridade proposta no trabalho só tem aumentado. Mesmo com as inéditas “Nobody But You” e “Love In High Places” divulgadas, o novo disco promete ser uma das boas surpresas do ano pelas inspirações de ritmos do passado que tanto permeiam o seu trabalho.

Desta vez, a novidade fica por conta do groove “Miracle”, faixa pop influenciada pela disco da década de 1980 com pitadas de jazz e R&B na medida certa. Kimbra se mostra, mais uma vez, à vontade com a sonoridade nostálgica para deixar a promoção do álbum ainda mais convidativa. A composição é uma espécie de comemoração ao amor, visto que este deve ser celebrado como um verdadeiro milagre.

O The Golden Echo tem data marcada para sair em 19 de agosto pela Warner Music.

ROBYN & RÖYKSOPP: DO IT AGAIN


A cantora sueca Robyn e o duo Röyksopp prosseguem com a divulgação do mini álbum Do It Again, que trouxe faixas como “Sayit” e “Monument” para as pistas de dança. Depois de lançar um videoclipe e apresentar um pocket show para o programa de Jimmy Kimmel, chegou a hora de conferirmos a produção audiovisual da faixa “Do It Again”.

Com direção de Martin de Thurah (o mesmo de “What Else Is There?” do duo e “Retrograde” de James Blake), a história se passa em um período de revolução marcado por abusos, corrupção e, também, muitas festas.

Enquanto isso, Robyn prepara o lançamento de um novo disco, que deve trazer a participação de Maluca (Mala) e ainda faixas como “Love Is Free” e “Set Me Free”.

sábado, 12 de julho de 2014

GENERATIONALS: GOLD SILVER DIAMOND


O duo Generationals, formado por Ted Joyner e Grant Widmer, prepara o lançamento do quarto álbum de inéditas, batizado de Alix, para o mês de setembro. Vindos de Nova Orleães, nos Estados Unidos, a dupla é melhor conhecida pelo seu indie rock de proporções gigantescas, porém neste novo trabalho prometem fazer algo diferente na sonoridade que querem promover.

Para dar início na promoção do registro, eles revelaram a faixa “Gold Silver Diamond”, um indie pop de bases eletrônicas que traz vocais maravilhosos e bem distintos daquele despojado que ouvimos em canções como “Put a Light On”. Quanto a sonoridade, podemos perceber uma certa influência do R&B em suas batidas sintetizadas e clima totalmente urbano, revelando certa flexibilidade em fazer música de qualidade independente do gênero.



O novo álbum do Generationals, chamado de Alix, tem data marcada para sair em 16 de setembro através da Polyvinyl Records.

LA ROUX: PARADISE IS YOU / SEXOTEQUE


Elly Jackson, do La Roux, prepara o segundo registro para daqui poucos dias, intitulado Trouble In Paradise. Este será o primeiro disco em cinco anos de espera, desde o lançamento do álbum homônimo de 2009. Desde o anúncio de que estaria trabalhando em novas faixas, a repercussão do trabalho cresceu cada vez mais, comprovando que ainda mantém o posto no gênero eletropop.

Com a data limite próxima, começam a vazar faixas do disco na internet e, dentre elas, está “Paradise Is You”. A canção é um synthpop composto de um piano melódico, linha de baixo intensa e sintetizadores cortantes do início ao fim – que funcionam como em “Let Me Down Gently” em sua progressão. A composição é uma canção de verão, assim como a proposta do trabalho, onde Elly desenvolve sua potência vocal através de falsetes e recortes.



Já em “Sexoteque” trata-se de um pop cheio de vigor, composto por riffs de guitarras veranescas, batidas percussivas em harmonia e teclado melódico. A canção está entre as melhores composições do álbum e resgata um pouco da essência que o La Roux nos mostrou há cinco anos.



O disco Trouble In Paradise tem data marcada para sair em 22 de julho. O trabalho, que foi co-produzido por Ian Sherwin, pode ser conferido na prévia que o duo liberou esta semana no Youtube. Enquanto o disco não sai, dá para matar um pouco da curiosidade.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

WET: MOVE ME


O trio americano Wet é responsável por um dos melhores EPs de 2013, lançado em outubro sob o título homônimo. Deste trabalho saíram as faixas “You’re The Best” e “Don’t Wanna Be Your Girl”, que passeiam entre o R&B e a música eletrônica de forma especial. Após um longo período sem apresentar novo material, eles se preparam para estrear uma faixa inédita na mixtape da prestigiada DJ Kitty Cash.

Eis que a faixa “Move Me” foi compartilhada antecipadamente pela Nylon Magazine (thanks, Nylon!) e conquistou, mais uma vez, nossos corações de amor. A introdução tênue misturada com riffs de guitarras desperta o nosso interesse pela canção – trata-se de uma das melhores composições do grupo desde então. O clima soul continua presentes nesta produção e a estética experimental parece ganhar sentido com esta novidade.



A segunda edição da mixtape de Kitty Cash será lançada no dia 22 de julho e ainda conta com faixas de SZA, Dev Hynes (aka Blood Orange) e Yuna. Enquanto o trio não nos presenteia com mais um lançamento, relembre o Wep EP, lançado em outubro do ano passado.

GOLD IS FOR THE GOLDEN TEAM: ALL I SEE, YOU AND ME


A Suécia é o berço da música pop de qualidade, disso você não pode duvidar. Foi desta terra que saíram alguns dos melhores artistas da atualidade e nem vamos citá-los para não perder o foco deste post. Por lá, um grupo de músicos chamada Gold is for the Golden Team tem chamado a atenção – e não é somente pelo nome irreverente. Desde fevereiro deste ano, eles vem publicando faixas extremamente bem produzidas em sua página no Soundcloud e Bandcamp e merecem a sua atenção por isso.

O duo lançou nesta época o single “Culture Classic”, um indie pop intimista de vocais calmos e batidas descompassadas. Os riffs de guitarras conquistaram o nosso coração e a produção eletrônica faz jus ao nome. Junto com a canção, uma b-side intitulada “Be Together” é o outro lado do universo da dupla. O clima de verão parece encher a canção de positividade e revela a sua essência inspiradora.



Depois disso, outras duas faixas foram divulgadas “I’m A Revolution” e “Gimme Something”, que externalizam a mistura de gêneros que o próprio duo declara usar. A união de uma produção eletrônica com percussão frenética é só um detalhe característico do Gold is for the Golden Team.



A faixa recente, divulgada nesta semana, é a maravilhosa “All I See, You and Me”, um indie pop otimista cortejado por violões dedilhados, riffs de guitarras veranescas e batidas sintetizadas que proporcionam vigor e dinamismo à produção. A composição, diga-se de passagem, é uma das mais engraçadinhas que você vai ouvir nesta semana e pode até gerar certa similaridade com o trabalho do Camera Obscura, She & Him e The Naked and Famous.



O Gold is for the Golden Team continua divulgando faixas aleatórias em sua página. Até o momento, nenhuma informação sobre quem são ou para onde vão é divulgada.

THE ASTEROIDS GALAXY TOUR: MY CLUB


O The Asteroids Galaxy Tour anunciou a chegada do álbum Bring Us Together para o mês de setembro. Como prévia do que vem por aí, a banda dinamarquesa não perdeu tempo e liberou o streaming da faixa-título “Bring Us Together” como buzz-single da nova fase. A faixa, influenciada pelo jazz e o blues, trouxe a aura pop setentista que tanto promoveu o seu som desde 2008.

O primeiro single oficial do disco chama-se “My Club”, um nome bem convincente para uma banda que fez (e ainda faz) muitas pessoas dançarem na pista de dança. Assim como seu nome, a sonoridade da canção não poderia ser outra: frenética e dançante como deveria ser. Saxofones estridentes, sintetizadores eletrônicos e linha de baixo intensa, a canção inspira certa nostalgia de uma época que, possivelmente, você não viveu – mas sente apreço pelo brilhantismo que se era.

O single “My Club” será lançado oficialmente no dia 25 de julho, enquanto o disco tem data marcada para 15 de setembro através do próprio selo, a Hot Bus Records.